As Melhores Formas de Utilização de um Cartão de Crédito

Cartão de crédito: vilão ou aliado? Essa modalidade de pagamento se tornou uma ferramenta indispensável no dia a dia de milhões de pessoas. Além de oferecer uma maneira prática de realizar compras, o cartão de crédito pode facilitar a gestão financeira. 

Com funcionalidades que vão desde o parcelamento de compras até o acúmulo de pontos e acesso a descontos exclusivos, os benefícios são muitos.

Todavia, a conveniência do cartão de crédito pode se transformar em uma armadilha financeira para aqueles que não utilizam com cautela. Este artigo visa explorar justamente isso, oferecendo dicas para um uso consciente e estratégico do cartão de crédito.

1. Quais são as vantagens de usar o cartão de crédito?

Um cartão de crédito, pode ser uma ferramenta importante na organização das suas finanças, todavia, precisa ser usado de maneira inteligente, cautelosa e estratégica. Por exemplo:

Facilidade e Conveniência de Uso

  • Compras Online e em Estabelecimentos Físicos: O cartão de crédito permite que você faça compras com facilidade, tanto na internet quanto em lojas físicas, sem a necessidade de ter dinheiro em mãos. Além de ser prático, aumenta também a sua segurança, já que você não precisa carregar grandes quantidades de dinheiro.
  • Evite a Necessidade de Carregar Dinheiro: Além de ser mais seguro, usar o cartão de crédito elimina a preocupação de ter que sacar dinheiro ou usar a função débito de maneira desregrada. Por exemplo, em viagens ou em situações onde encontrar uma caixa eletrônica pode ser complicado, ter um cartão de crédito em mãos é muito prático.

Tudo o que você precisa saber sobre Tesouro Direto.

Programas de Recompensas e Benefícios

  • Pontos, Milhas Aéreas e Cashback: Muitos cartões de crédito oferecem programas de recompensas que permitem acumular pontos, milhas aéreas ou receber uma porcentagem do dinheiro de volta (cashback) em suas compras. Esses benefícios são trocados por produtos, serviços ou até descontos em passagens aéreas.
  • Descontos e Promoções Exclusivas: Além dos programas de recompensas, os usuários de cartões de crédito frequentemente têm acesso a descontos e promoções exclusivas, incluindo ofertas em restaurantes, lojas e em serviços de streaming, por exemplo.

Gestão Financeira

  • Acompanhamento de Despesas Através do Aplicativo do Banco : A maioria dos bancos oferecem aplicativos que permitem monitorar as despesas do cartão de crédito em tempo real, ou seja, o controle financeiro será mais prático, ajudando a identificar onde você está gastando mais e como pode economizar.
  • Planejamento Financeiro Facilitado : Por fim, com o registro detalhado de suas compras, o cartão de crédito se torna uma ferramenta útil para o planejamento financeiro. Você pode categorizar suas despesas, estabelecer limites de gastos e até mesmo identificar oportunidades para economizar.

Essas vantagens demonstram que o cartão de crédito, embora seja apenas um meio de pagamento, pode ser um aliado valioso na gestão de suas finanças pessoais, proporcionando conveniência, segurança e benefícios que outros meios de pagamento não compensam. 

Contudo, é essencial usar essa ferramenta com sabedoria, para garantir que os benefícios superem os custos.

2. Quais são os principais cuidados que devemos ter na utilização do cartão de crédito?

Como vimos, os cartões de crédito possuem diversas vantagens, todavia, seu uso desregrado pode ser uma verdadeira armadilha. Isso requer atenção e cuidados específicos para evitar problemas financeiros. Veja os principais aspectos a serem considerados:

Controle de Gastos

  • Evitar Compras Impulsivas: A facilidade de usar o cartão de crédito pode levar a compras por impulso, que não deveriam ser feitas se o pagamento fosse à vista.  Antes de realizar uma compra, é importante perguntar se o item é realmente necessário e se há recursos financeiros para pagá-lo.
  • Manter os Gastos Dentro da Renda Mensal: Uma regra de ouro para o uso consciente do cartão de crédito é não gastar mais do que você pode pagar. Isso significa manter seus gastos com o cartão dentro dos limites de sua renda mensal, evitando assim o acúmulo de dívidas.

Segurança

  • Proteção de Dados e Senha: Sempre mantenha suas informações de cartão de crédito seguro e nunca compartilhe sua senha com ninguém. Em compras online, por exemplo, certifique-se de que o site é seguro e confiável antes de inserir os detalhes do seu cartão.
  • Cuidados com Fraudes e Clonagens: Esteja atento a qualquer atividade suspeita em sua conta e verifique regularmente os extratos para identificar possíveis fraudes. Em caso de perda ou roubo do cartão, comunique imediatamente à instituição financeira para bloqueá-lo.

Escolha do Cartão

  • Taxas de Juros e Anuidade : Antes de escolher um cartão de crédito, compare as taxas de juros e os custos de anuidade entre diferentes opções. Cartões com taxas de juros elevados podem tornar as dívidas mais caras, enquanto taxas de anuidade altas podem não valer a pena dependendo dos benefícios oferecidos.
  • Limite de Crédito Adequado às Necessidades : Um limite de crédito muito alto pode gerar gastos excessivos, enquanto um limite muito baixo pode ser insuficiente para suas necessidades. Escolha um cartão com um limite que reflita sua capacidade de pagamento e suas necessidades de gastos.

3. Ao Usar o Cartão de Crédito, Qual a Melhor Forma de Efetuar o Pagamento? 

Até aqui já deve estar claro que ao final de um determinado período, você irá precisar pagar sua fatura ou decidir o que fazer com ela caso lhe falte dinheiro. Claro que o ideal é que você pague o valor integral da sua fatura e, de preferência antes da data de vencimento.

Todavia, haverá meses em que o valor da fatura será maior do que a quantia que reservamos para pagar a fatura. Neste momento, existem três alternativas que levam as pessoas a entrarem em uma bola de neve de dívidas. 

Veja um exemplo prático sobre as diferenças entre não pagar a fatura, pagar o valor mínimo e pedir um parcelamento de fatura de um cartão de crédito. Imagine que você comprou um videogame novo por R$ 1.200 no seu cartão de crédito.

Situação: Sua fatura de R$1.200 está prestes a vencer.

1. Não Pagar a Fatura

Consequência: Você será cobrado por juros de mora (por atraso) e seu nome poderá ser negativado.

Exemplo: Se os juros de mora forem de 2% ao mês, mais juros rotativos de 10% (apenas um exemplo simplificado), no próximo mês, você deverá, não R$1.200, mas cerca de R$1.344 (considerando juros sobre o total devido , sem pagamento).

2. Pagar o Valor Mínimo (digamos, 15% da fatura)

Valor Mínimo: 15% de R$ 1.200 = R$ 180.

Consequência: O restante, R$ 1.020, será cobrado na próxima fatura e estará sujeito a juros rotativos.

Exemplo: Se os juros rotativos forem de 10% ao mês, no próximo mês, você terá uma dívida de cerca de R$ 1.122 (R$ 1.020 + R$ 102 de juros), além do que mais você gastar.

3. Pedir um Parcelamento da Fatura

Opção de Parcelamento: Digamos que o banco oferece parcelar o total em 12 meses com juros de 5% ao mês.

Consequência : Você terá parcelas fixas, mais administráveis, mas pagará mais no total devido aos juros.

Exemplo: Parcelando R$ 1.200 em 12 meses com juros de 5%, você pagaria cerca de R$ 120 por mês. No total, ao fim de 12 meses, você teria pago cerca de R$1.440. 

Pagamento da Fatura

  • Evite Juros e Mantenha a Saúde Financeira : Pagar a fatura do cartão de crédito integralmente antes do vencimento é a melhor opção. Ao fazer isso, você evita os juros rotativos, que podem ser muito altos, e mantém sua saúde financeira em dia. Pagar o total devido demonstrar que você não está no controle de suas finanças.
  • Impacto no Score de Crédito : Manter um histórico de pagamentos em dia, especialmente o pagamento integral das faturas, pode melhorar seu score de crédito. Um bom score de crédito facilita a aprovação para novos cartões, empréstimos e financiamentos, muitas vezes com taxas de juros mais baixas.

Parcelamento

  • Quando Usar: O parcelamento pode ser uma opção quando você fez uma compra grande que não pode pagar de uma vez sem comprometer sua situação financeira. No entanto, é importante usar essa opção com moderação e apenas quando realmente necessário, pois os juros do parcelamento podem aumentar o custo total da compra.
  • Juros do Parcelamento Versus Juros do Rotativo: Se você decidir não pagar a fatura integral e entrar no crédito rotativo, os juros aplicados podem ser significativamente mais altos do que os juros de um parcelamento planejado. Portanto, se precisar parcelar, opte por acordar um plano de parcelamento com o banco em vez de simplesmente pagar o mínimo e deixar o saldo restante no rotativo.

4. O que acontece ao pagar o mínimo da fatura do cartão de crédito?

Pagar apenas o valor mínimo da fatura do cartão de crédito pode parecer uma opção conveniente no curto prazo, mas essa escolha traz consequências sérias que podem afetar sua saúde financeira a longo prazo. Vamos entender melhor o que acontece:

Juros do Rotativo

  • Os juros do rotativo são aplicados sobre o saldo restante da fatura que não foi pago. Isso significa que se você optar por pagar apenas o mínimo, o restante estará sujeito a juros até que o total seja quitado. Os juros do cartão de crédito estão entre os mais altos do mercado financeiro, podendo transformar uma dívida pequena em uma dívida muito maior rapidamente.
  • Comparação com outros tipos de crédito disponíveis: Quando comparados a outras opções de crédito, como empréstimos pessoais ou financiamentos, os juros do cartão de crédito rotativo são substancialmente mais altos. Isso torna o rotativo uma das formas mais caras de financiamento.

Endividamento Progressivo

  • Como o pagamento mínimo pode levar a uma dívida crescente: Ao pagar apenas o mínimo, você está essencialmente estendendo o período de dívida e aumentando o montante devido devido aos juros acumulados. Com o tempo, o que era uma conta gerenciável pode se tornar uma dívida significativa, criando um ciclo de endividamento difícil de quebrar.
  • Estratégias para sair do ciclo de dívidas: Se você se encontrar preso no ciclo do pagamento mínimo, considere estratégias como:
  • Renegociar a dívida com o banco: Muitas instituições financeiras oferecem planos de parcelamento com juros mais baixos do que o rotativo.
  • Consolidar dívidas: Um empréstimo pessoal com juros mais baixos pode ser usado para quitar o saldo do cartão, centralizando suas dívidas em uma taxa de juros menor.
  • Controle de gastos: Revise seu orçamento para identificar áreas onde você pode cortar gastos e redirecionar o dinheiro para quitar a dívida do cartão mais rapidamente.

Investimentos a longo prazo. Veja os benefícios de se planejar financeiramente para o futuro.

Cartão de Crédito com Responsabilidade.

A forma como você lida com seu cartão de crédito é o que vai determinar se essa é uma ferramenta boa ou ruim. Por exemplo, pagar apenas o valor mínimo da fatura do cartão de crédito pode ser tentador, mas as consequências financeiras dessa escolha são sérias e podem levar a um ciclo de endividamento difícil de escapar.

Portanto, é fundamental adotar uma abordagem proativa para gerenciar suas dívidas, explorando alternativas para quitar o saldo devido e evitar os altos juros do rotativo. Com planejamento e disciplina financeira, é possível usar o cartão de crédito a seu favor, sem cair nas armadilhas do endividamento.

FAQ (Perguntas Frequentes) sobre o Uso do Cartão de Crédito

1. Posso usar o cartão de crédito para todas as minhas compras?

Sim, você pode usar o cartão de crédito para a maioria das suas compras, tanto online quanto em lojas físicas. No entanto, é importante gerenciar seus gastos para não exceder seu orçamento.

2. É seguro fazer compras online com meu cartão de crédito?

Sim, comprar online com cartão de crédito é seguro, desde que você use sites confiáveis e mantenha suas informações de segurança protegidas. Verifique sempre se a página tem conexão segura (https) e considere o uso de serviços de pagamento intermediário para maior proteção.

3. O que significa pagar o valor mínimo da fatura?

Pagar o valor mínimo é liquidar apenas uma parte do total devido no cartão de crédito. Essa opção evita atrasos, mas o saldo restante é sujeito a juros até que seja completamente quitado.

4. O que é o score de crédito e como o cartão de crédito afeta ele?

O score de crédito é uma pontuação que reflete seu histórico de crédito. Pagar suas contas em dia, incluindo a fatura do cartão, pode melhorar seu score, enquanto atrasos e o pagamento mínimo podem diminuí-lo.

5. Devo escolher um cartão de crédito com programa de recompensas?

Se você paga sua fatura em dia e usa o cartão regularmente, um programa de recompensas pode ser vantajoso, oferecendo benefícios como cashback bem como pontos ou milhas. Avalie se as recompensas compensam quaisquer taxas associadas ao cartão.

6. Como posso evitar fraudes no cartão de crédito?

Para evitar fraudes, nunca compartilhe suas informações de cartão, monitore regularmente suas transações através do aplicativo do banco e notifique imediatamente sua instituição financeira sobre qualquer atividade suspeita.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.